Polícia Federal indicia 46 envolvidos na Operação Lava Jato

Após quase cinco anos de investigações e um mês de execução da Operação Lava Jato, a Polícia Federal (PF) conseguiu apreender cerca de R$ 6 milhões, em espécie, 25 veículos de luxo, além de indisponibilizar três hotéis e seis residências de alto padrão pertencentes a quatro quadrilhas especializadas em lavagem de dinheiro, suspeitas de movimentar mais de R$ 10 bilhões nos últimos três anos. No relatório, a PF indiciou 46 pessoas pelos crimes de formação de organização criminosa, crimes contra o sistema financeiro nacional, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Dois doleiros também foram indiciados por financiamento ao tráfico de drogas, diante de indícios da ligação deles com traficantes.

Polícia Civil desmonta esquema de venda de motos furtadas em Santo Antônio do Tauá

A Polícia Civil desarticulou um esquema de venda de motos furtadas que acontecia no zona rural de Santo Antônio do Tauá, nordeste do Pará. O responsável pelo crime, Nivaldo Fernandes Barros, 45 anos, foi preso em flagrante apontado como o receptador dos veículos, na localidade Vila Espírito Santo, interior do município. Ao todo, a equipe de policiais civis, que atua na cidade, recuperou dez motos, todas sem placas e com registro de furto. A operação foi divulgada nesta quarta-feira, 16. Conforme o delegado Roberto Gomes Neto, titular da Delegacia de Santo Antônio do Tauá, a descoberta do esquema é resultado de um mês de investigações. O trabalho teve início após denúncias.

Manipulado por ditaduras, futebol também é usado como propaganda nas democracias

Futebol e ditadura andaram muito próximos na América Latina. São muitos os casos em que governos se utilizaram do esporte para se promover. Mas a utilização do esporte para fins políticos não parou na década de 1970 e pode ser percebido também na democracia. Sob o tema Futebol e Ditaduras na América Latina, o assunto foi discutido na 2ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura.

Pará é destaque na abertura do Ciclo de Eventos 2014 do Conselho de Segurança Pública

O titular da Segup-PA e presidente da entidade, Luiz Fernandes, abriu a sessão especial comemorativa do Consep
O Conselho Estadual de Segurança Pública (Consep) promoveu nesta sexta-feira, 11, uma sessão especial no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. O secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social e também presidente da entidade, Luiz Fernandes Rocha, declarou aberto os trabalhos do grupo no “Ciclo de Eventos 2014”, que tem como objetivo reforçar o intercâmbio e a integração entre as instituições que compõem o Sistema Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sieds), servidores da área de Segurança Pública e sociedade civil.

Durante a programação, alusiva ao 18º ano de criação do Consep, ex-membros da entidade foram homenageadas com a concessão do Título de Honra ao Mérito. Entre os agraciados estava o Padre Bruno Sechi, fundador da Republica de Emaús. “Nós já fizemos muito e agora é hora de vocês continuarem fazendo”, ressaltou aos atuais integrantes do Conselho.

Estação móvel oferece água tratada em Humaitá, no Amazonas

Humaitá enfrenta dificuldades no abastecimento de alimentos e remédios Divulgação/http://www.humaita.am.gov.br
Iniciativa vai auxiliar população atingida pela cheia do Rio Madeira no município

No Repórter Amazônia desta quinta-feira (10) confira também a reportagem sobre a investigação do Ministério Público Federal (MPF) que apura um esquema de fraudes no comércio de madeira entre o Pará e outros estados. Saiba ainda que agricultores familiares retirados da Terra Indígena Awá Guajá, no Maranhão, já aceitaram uma área oferecida pelo Incra para assentamento e que na Câmara dos Deputados, a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle aprovou uma proposta que pede investigação de denúncias sobre a não prestação do exame preventivo ginecológico contra câncer, na rede pública de saúde de municípios do Amapá. No Mato Grosso, caverna é tombada como patrimônio histórico e artístico estadual.

Seduc forma novos supervisores para o Projeto Jovem de Futuro

A Seduc promoveu nos dias 7 e 8, no Hotel Sagres, a formação dos supervisores do Projeto Jovem de Futuro, que beneficia mais de 22 mil alunos
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) promoveu na última terça (7) e quarta-feira (8), no Hotel Sagres, a formação dos supervisores do Projeto Jovem de Futuro. A formação foi destinada a técnicos de Unidades Seduc na Escola (USE) e Unidades Regionais de Educação (URE), que entrarão no terceiro cico do programa, ou seja, que passam a ser acompanhadas neste ano. O projeto beneficia 22.681 alunos de 84 escolas de Belém e do interior do Estado.

O supervisor monitora a proposta do programa e participa do redesenho curricular do ensino médio, atuando como um intermediário entre a Seduc e as escolas. Participaram do treinamento técnicos em educação dos seguintes municípios: Augusto Corrêa, Bragança, Cachoeira do Piriá, Cametá, Abaetetuba, Igarapé-Miri , Moju, Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Canaã dos Carajás, Itupiranga, Marabá, Parauapebas, São Geraldo do Araguaia, Santarém, Inhangapi, Igarapé- Açu, Vigia, Colares, Itaituba, Curralinho, Bonito, Ourém, Quatipuru, Salinópolis, Cumaru do Norte, Redenção, Xinguara, Breu Branco, Capitão Poço, Aurora do Pará, Belém e Ananindeua.

Secti divulga resultado de seleção de bolsistas do Programa Navegapará

A partir do final de abril, 37 infocentros do Programa Navegapará passarão a contar com novos monitores bolsistas para atuarem junto à comunidade. Eles foram selecionados a partir do Edital nº 01/2014 que, ao todo, disponibiliza 120 vagas para monitores em espaços públicos de inclusão digital de diversos municípios do estado. Os novos monitores receberão bolsas concedidas pelo Banco do Estado do Pará (Banpará) no valor de R$ 350,00 e com duração de até 12 meses.